Fazer o que gostamos_ Sara Margarida

Boa noite a todos!

Ainda na sequência dos meus posts sobre o Fazermos O Que Gostamos e à semelhança de um dos meus últimos posts sobre o tema, “Fazer o que se gosta _ dois amigos” (o André Semblano, com a sua cerâmica e a Lídia, com as ecojóias), quero hoje divulgar o trabalho tão bonito e especial de mais uma amiga que, à semelhança do André Semblano, também conheci ao frequentar os workshops “Renaskigi”, dados pelo Robiyn, a Sara Margarida.

Somos hoje boas amigas e encontramo-nos com alguma frequência. Desde que vi pela primeira vez o que a Sara desenha (e pinta e outros trabalhos que faz), que me apaixonei pelos seu belo traço. Sabem, como quando nós em pequenos vemos um desenho de alguém que desenha muito bem e queremos muito que essa pessoa nos desenhe um só para nós? Foi mais ou menos assim. A Sara ofereceu-me então um bloquinho de notas feito e desenhado por ela:

Digo-vos já que as reproduções não fazem jus aos desenhos ao vivo que têm uma luminosidade tal que não é captada em fotos.

Num destes últimos fins-de-semana, encontrámo-nos e soube que a Sara tem agora um blog com fotos de alguns dos seus trabalhos, “Sara Margarida” (convém clicar sobre cada desenho, têm muito pormenor que só se vê em maior formato). Também soube que um dos seus últimos trabalhos foram umas belas ilustrações de livros infantis, que não pode ainda reproduzir por não terem sido ainda publicados (sê-lo-ão em breve, depois dou notícias, estou desejosa de vê-los).

Desfrutem! Belas exteriorizações dos vossos talentos e capacidades, para todos, até para a semana, dia 5 de Fevereiro, Quarto Minguante!

x

Caderno Verde

Sólidos Geométricos _ Pirâmides

“Mãe, isto é que é uma pirâmide?”

(uma pirâmide-chapéu               🙂                              )

“Sim, filho! É!”

“Ah! É que eu dantes pensava que uma pirâmide tinha uns rectângulos…”

É o que dá ele interagir com todos nós e amigos e ver em livros e em documentários e filmes tantos e tantos assuntos, que me admiro sempre sobre o que ele já sabe, sabendo que não foi comigo que falou nisso pela primeira vez.

Pois, tem andado entretido com as peças “Geomag”.

Fazem (ele, a vizinha, o pai…) sólidos e figuras geométricas regulares e irregulares

e o que mais os fascina é como a força dos “ímans” aguentam com tanto peso (às vezes, lá se espalham as peças todas pelo chão num tilintar… “oh!… exagerámos no peso!”).

Bem, mas pirâmides há por aqui e ali cá em casa, de pedra, de cristal, é uma forma que a todos fascina por aqui.

Já dei um toque ao Alexandre sobre construções antigas em forma de pirâmide (já que ele tanto gosta de construções!). Foi um preâmbulo a depois desenvolvermos o tema “outras civilizações” (Maia, Egípcia…), quando ele se voltar a lembrar e o requisitar!

Anúncios

1 Response so far »

  1. 1

    […] já no Caderno Verde deste post mostrado as brincadeiras com estas peças tão […]


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: