Este Verão II e Onde o interesse por Geografia nos pode levar…

Este Verão II

Em Agosto…

Vivam!

Ora continuando a condensar o que temos feito, assim pelos meses de Verão, pois a frequência da publicação aqui no blog tem diminuído, e na sequência do post “Este Verão I e CiênciaPara Ti”, aqui estou eu de novo, agora remontando ao mês de Agosto.

Praia, também, tal como em Julho e o Alexandre aproveita sempre, quando vamos até à Costa da Caparica, para andar no “comboio da praia”:

(Estas casinhas de praia, de madeira, fazem sempre reportar-me às férias da minha infância, pois havia muitas destas nas praias perto de Coimbra e que eu achava o máximo!!!)

Ouvimos na televisão a notícia de que este comboio da Costa da Caparica está em vias de acabar e muito provavelmente para o ano já não vai funcionar, por não ser economicamente viável. Ficámos um pouco tristes com a notícia, talvez esta tenha sido a nossa última viagem neste comboio da praia que já frequentamos há anos, sempre a pedido do Alexandre. Bem! Ficam as fotos e as belas recordações!

O “pai das manas” deu ao Alexandre (porque sabe que ele se interessa muito) este mapa de Portugal que saíu na revista “Visão Júnior”:

Foi uma grande prenda! Assim que a mana Catarina lho mostrou, estendeu-o no chão da sala, foi buscar o iPad do pai, entrou no google maps,

buscou o mapa dePortugal

e pôs-se a comparar um e outro e a medir distâncias (anda a começar a dar-se muito bem com a noção de escala):

Também gostou muito do mapa porque este vem subdividido em províncias (que ele gosta mais de chamar “regiões”) e em distritos e ele esteve a  confirmar o número e o nome de todos distritos e províncias do país.

Na semana seguinte saíram mais uns autocolantes para o mapa, na mesma revista. Foi quando ele e a mana Catarina resolveram colar o mapa na parede do nosso quarto

e colocar os autocolantes nos sítios certos:

(ele divertiu-se muito a marcar com os autocolantes os sítios onde já esteve, “Eu estive aqui” e os “Quero conhecer” e os “Adoro este sítio!!!”

(eu e a mana Catarina já subimos ao Pico, de modo que ele, pelos nossos relatos e fotos, quer muito conhecer…)

(e relembrou as terras dos seus 4 avós, 4 avós-3 diferentes terras)

(ah, pois, quer muito ir a Viana do Castelo, porque viu no google maps que a estação ferroviária de Viana é bem grandinha, logo a seguir à do Oriente (que ele tanto gosta e tanto desenha) e à do Entroncamento (onde ele até já foi ao Museu dos Comboios).

(também quer ir ao Funchal_ de preferência, de barco, mas já soubémos que a viagem de barco do Continente para a Madeira foi cancelada_, pois também ouve os relatos feitos pelas manas e que lhe dizem que ele irá adorar o teleférico de lá)

E falando no Funchal, por coincidência (ou não!), quando andávamos de volta deste mapa, os bolbos de lírios que as manas me troxeram o ano passado da Madeira e que só este ano começaram a rebentar, deram flor e começámos a observar e a fotografar, pois um dia fomos à varanda e tinha aberto a primeira flor, no dia seguinte abriu outra e ao terceiro dia tínhamos três flores e ao quarto quatro e ao quinto cinco e ao sexto seis… foi muito engraçado!!!

Continuando com os mapas, a avó (materna), que passou este mês connosco cá em casa, ficou muito admirada com a sua destreza a localizar países, cidades e monumentos e pontes no google maps (para já não falar nas estações ferroviárias, que essas interessavam menos à avó): “Avó, aqui é Tóquio!” E logo de seguida desliza com uma rapidez tal rumo ao Hawai (terra dos “Lilo & Stitch”) e Paris (onde se passa a ação do filme “Ratatouille”) e logo localiza a Torre Eiffel e também vai até Londres mostrar à avó onde fica a “London Bridge” (e o “Big Ben”). E a estátua da Liberdade em Nova York. E a Austrália (dos “irmãos koala” e os Pólos e a Islândia onde há tanto gelo! O google maps no iPad tem uma funcionalidade que não tem o google que temos instalado no computador, que é a possibilidade de vermos mesmo filmes de alguns locais, filmados a partir da rua, “andarmos à volta” dos edifícios ou dos monumentos e até entrarmos nalguns.

Os filmes são uma constante, o pai encontrou o “Imparável” a dois euros e ofereceu-lho e lá esteve dias seguidos a revê-lo repetidamente (já o tinha visto, claro, este não chegou a ir ver ao cinema, mas já o tínhamos alugado e ela adora). E quando sente que já basta passa para outro (voltou aos “Smurfs”, ao “Zé Colmeia” e ao “Up, Altamente” e este Verão deu-lhe para algo mais movimentado e cantado e dançado e quiz ver a triologia do “Alvim e os Esquilos” e os “Happy Feet 1 e 2”. Fartamo-nos todos de dançar, enquanto os vemos. E ri-se à brava com estes do Loopdidoo).

Também lemos, como é usual cá por casa, desta vez explorámos este livro:

E o mês de Agosto, continuou a ser muito produtivo quanto a desenhos:

(vistas de cima de uma combinação de vários centros comerciais de todo o mundo)

(vista de cima de uma grande estação e um centro comercial, “projeto” de sua autoria)

(mais uma versão da Estação do Oriente)

(vista de cima da maior estação ferroviária da Europa, em Berlim)

(e uma inovação, a estação do oriente ligada a um grande hotel, projeto da sua autoria_ a zona azulada são as piscinas)

(vistas laterais da estação do oriente, ele diz que quando for grande quer ir morar lá para o lado, se a mulher dele concordar)

😉

(vista de cima de uma grande “estação de comboios de praia”)

(vista de cima da que “será” a maior estação e centro comercial do Mundo, projeto do Alexandre, ainda não terminado)

Beijinhos para todos e até breve!

Isabel

x

Caderno Verde

Onde o interesse por Geografia nos pode levar…

… E leva mesmo!

🙂

Já aqui falei sobre a importância dos mapas nas nossas vidas.

A sua presença tem sido uma constante e dá azo às mais variadas conversas. Sobre Os Descobrimentos, por exemplo, que vieram do interesse de saber que línguas se fala em determinados países.

Ultimamente é cada vez mais frequente a seguinte cena: Alexandre sentado no sofá de iPad na mão navegando pelo google maps e a fazer-me esta e mais aquela pergunta e eu a levantar-me do pé dele e a dirigir-me ao computador e a perguntar ao google coisas como “qual é a maior estação ferroviária do mundo?”. E vou-lhe comunicando as respostas. Então passamos a localizar no google maps a maior estação ferroviaria do Mundo (a atual, no Japão e a que será ainda maior, ainda em construção, na China) e ele observa no mapa o formato da estação (em planta, portanto) e frequentemente o reproduz, desenhando. Fazemos o mesmo quanto ao edifício mais alto do mundo ou o maior centro comercial do mundo, por exemplo.

De outra vez:

“Mãe, quantos habitantes tem Espanha?” (lá vou eu pesquisar, que não sei…): “Cerca de 45 milhões.”

“Ah! _ e faz as suas ligações… _ Portugal tem 10 milhões, então Espanha tem 4 Portugais e meio. E França?” ” Cerca de 65 milhões” _ respondo.

“Hummm… Mais 20 milhões que Espanha. Tem 6 Portugais e meio e quase uma Espanha e meia.”_ concluíu ele.

4 Respostas so far »

  1. 1

    […] sequência de Este Verão I e Ciência Para Ti e de Este Verão II e Onde o Interesse por Geografia nos pode levar, os registos do mês de Setembro vão agora dividir-se por semanas e Este Verão III visa a 1ª […]

  2. 2

    […] post acontece na sequência de Este Verão I, II e III e visa a gora a 2ª semana de […]

  3. 3

    […] foi a última semana de Verão deste ano. Será este o último post da sequência Este Verão I, II, III e […]

  4. 4

    […] que saíu na revista Visão Júnior e lhe foi oferecido pelo “pai das manas”, conforme mostrei neste outro post, mas um pouco mais complexo, daqueles que têm os rios e a orografia. Corri várias papelarias e […]


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: