Legendar

Vivam! Hoje um post dedicado simplesmente ao Caderno Verde.

Belos dias para todos!

Isabel

x

Caderno Verde

Legendar

O quadro magnético e de escrita a caneta continua a ter um uso sistemático.

Mais uma planta da Estação do Oriente,

uma malha urbana,

um navio (o Titanic),

mais barcos e uns valores a eles associados (capacidade, velocidade, comprimento)

e o que dá o título a este apontamento de hoje no Caderno Verde, este mapa de Lisboa que o Alexandre estava a começar a desenhar quando eu cheguei a casa e de repente diz-me: “Mãe, sabes, estas cores têm um significado: o verde indica as serras e os parques verdes (no caso de Lisboa, a serra de Monsanto), o vermelho, as zonas de prédios, o azul, os cais e o preto as pontes (25 de Abril e Vasco da Gama), uma parte do aeroporto (porque só uma parte é que fica dentro dos limites da cidade) e o limite da cidade”. “Ah, filho! Isso é uma legenda! Vamos juntá-la ao desenho para as pessoas perceberem o que significam essas cores.”

2 Respostas so far »

  1. 1

    Fantásticos trabalhos🙂

  2. 2

    Obrigada, Especialmente Gaspas!


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: