Pequenos Botões e Ciência Para Ti III_ Empire State Building

Vivam!
Vamos ter bebés!!!

Bebés de violeta…

DSC07105

… e bebés deste lindo cato do qual não sei o nome:

Não é só na Primavera que a vida floresce!

🙂

Beijinhos para todos e belos pequenos botões nas vossas vidas.

Isabel

x

Caderno Verde

Ciência Para Ti III_ Empire State Building

Aqui, na parte do Caderno Verde, o primeiro post sobre a Ciência Para Ti, e aqui, também na parte do Caderno Verde, o segundo.

Quem começou, foi a mana Celina, que ofereceu ao seu mano o puzzle do Corpo Humano e mostrou-me na net o site da “Science 4 You” e como havia tantos artefatos que o Alexandre gostaria de montar.

Seguiu-se o Helicóptero Solar e o Mapa da Europa, comprados por mim e o Barco Solar, oferecido pela mana Catarina. O Alexandre tinha ficado de olho na maquete do Empire State Building e quando houve oportunidade, eu e o pai comprámo-lo então.

Ele ficou felicíssimo e no dia seguinte, quando cheguei a casa, já ele e o pai tinham montado a maquete, seguindo as instruções.

DSC06728

DSC06729

DSC06730

DSC06731

DSC06739

O Alexandre e eu, então, estivémos a ler o livrinho que vem com o kit e aprendemos muitas coisas:

– Que um edifício, para ser considerado um aranha-céus, é necessário que tenha uma altura superior a 150 m;

– Que existe uma categoria de prédios mais altos ainda, os Super Arranha-Céus, que têm mais de 300 metros de altura;

DSC06732

DSC06733

– Um breve resumo histórico sobre as construções mais altas do Mundo desde os tempos idos;

DSC06734

– E diretamente sobre o Empire State Building, algumas coisas da história local na época em que foi construído (1930-1931);

– E a origem do seu nome, que é exatamente uma das “alcunhas” de Nova York na época (a outra alcunha era “Big Apple”);

DSC06735

– Detalhes arquitetónicos deste Super-Arranha-Céus, como ter sido o primeiro edifício a ter mais de 100 pisos, o nº de janelas (6500), o nº de elevadores (73), o número de degraus (1860) _ estes detalhes “numéricos” fazem as delícias do Alexandre _ o peso da sua estrutura (340.000 toneladas), o estilo arquitetónico (Art Deco na sua passagem para o Modernismo), alguns materiais que entraram na sua construção;

– Que o topo do Empire State Building está sempre iluminado durante a noite por um potente conjunto de luzes de diferentes cores;

DSC06736

– E analisámos a tabela das suas características mais significativas: Localização (Nova Iorque, Estados Unidos da América; Coordenadas (40º44’54”N, 73º60’26”O)_ isto é para o GPS, viu logo ele; Ano de Construção (1930); Ano de Inauguração (1931)_ inaugurar é assim como que a festa que fazemos na 1ª vez que o edifício é utilizado, tal como fizémos na inauguração da nossa parede-ardósia; Uso (misto: comércio, escritórios, turismo); Tipo (Super-Arranha-Céus); Altura Máxima (443,2 m); Altura até ao telhado (381 m) _ que é a que ele sabe de cor; nº de pisos (102); etc., etc.

DSC06737

– Também analisámos um gráfico comparativo de alturas de vários Arranha-Céus (e fomos compará-lo com a foto que já tínhamos das várias alturas dos maiores edifícios do Mundo na revista Super Interessante);

–  E ficámos surpresos com uma particularidade relevante, como a designam neste livrinho, que não conhecíamos de todo: o facto de que, em 1945, um avião (bombardeiro), devido a uma espessa neblina, embatera contra o lado Norte do Empire State Building, entre os pisos 79 e 80 (foto em baixo, à direita do gráfico das alturas); uma parte do motor do avião atravessou o edifício de uma ponta à outra, saindo do outro lado e caindo sobre o telhado de um edifício vizinho, dando origem a um incêndio que destruíu as águas furtadas ali existentes; o resto do motor foi embater no eixo de um elevador; o incêndio originado pelo acidente foi apagado em cerca de 40 min, mas mesmo assim morreram 14 pessoas neste acidente e o edifício foi aberto aos trabalhadores no dia seguinte.

Bom! Estivémos depois a comparar este acidente e os seus resultados e consequências com o das Torres Gémeas ocorrido em 2001 (ele já sabia a data).

DSC06738

Depois, com o entusiasmo, ele quiz desenhar os contornos do edifício (a silhueta), numa das folhas do seu caderno de desenho A3:

DSC06740

DSC06741

Um mês e tal mais tarde, a propósito de termos visto nas notícias que tinha nevado em Portugal, na Serra da Estrela, Covilhã (de onde a mana Catarina tinha acabado de chegar _ foi lá representar numa peça de teatro) e zonas circundantes e aproveitando uma “embalagem de fazer neve” acabada de comprar para as decorações de Natal, o pequeno não resistiu e… bem… também caíu um intenso nevão sobre o Empire State Building!!!

DSC07087

DSC07088

DSC07091

4 Respostas so far »

  1. 1

    Gina said,

    Olá, Isabel! Há quanto tempo!
    Realizar atividades com as crianças é muito prazeroso. Nesse caso, nem é só divertimento, é aprendizagem também.
    A florzinha chama-se popularmente, por aqui, de flor-de-maio, por ser o auge da floração (outono). Seu nome científico é Schlumbergera truncata, natural do Brasil.
    Beijos e boa semana!

  2. 2

    Gina! Há quanto tempo!!! Já tinha saudades suas! Está a faltar uma coletiva da Rute para nos “vermos mais”!!!🙂
    Muito obrigado! Entretanto já vi que aqui é mais comum chamaraem-lhe flor-de-natal ou cacto-de-natal e também flor-de-seda. Já deu mesmo flor! Tenho que colocar a foto…
    Muitos beijinhos
    Isabel

  3. 3

    […] botõezinhos de há dois posts atrás já abriram em […]

  4. 4

    […] cá faltavam as maquetes de edifícios e torres! Como já não se construía uma desde o Empire State Building, comprei esta da Torre Eiffel, também da “Science 4 […]


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: