Todos mais disponíveis

No rescaldo das Festas (e durante a época das Festas) todos estão mais disponíveis. Alguns dias de férias no trabalho e tolerâncias de ponto e os pequenos vizinhos que andam na escola também se encontram de férias. E nos dias das Festas, pois, juntamo-nos mais e estão todos mais vocacionados para o lazer. Nós, conseguimos estar mais tempo todos juntos em família (pois nos outros dias temos que nos ir revezando uns aos outros no acompanhamento do Alexandre) e jogamos mais, juntos, brincamos mais, lemos mais, vemos mais filmes em conjunto, conversamos mais. Pudémos ir ao cinema com dois rapazes vizinhos (ver o Força Ralf), eles vieram jogar uma vez ou outra e a nossa vizinha M. que este ano, por frequentar já o 7º ano, tem andado por cá menos vezes que nos anos anteriores, voltou a estar connosco quase diariamente (assistiu ao 1º acto do teatrinho de Natal e participou no 2º, veio jogar e brincar e desenhar mais vezes).

Na passagem do ano reunimo-nos com uma família unschooler e mais partilha de bons momentos, conversas sobre o unschooling e outras e brincadeira. Foi uma passagem de ano divertida e ao mesmo tempo tranquila e interessante. Grata, família!

Também cantámos os parabéns à mana Celina e como estávamos todos fartinhos de bolos (e ainda haviam alguns restos deles) não nos apeteceu fazer bolo de aniversário e assim num rasgo criativo e pensando em algo que ela gosta muito, improvisámos este “bolo de aniversário”:

DSC07277

22 brigadeirinhos com 22 velas!

DSC07278

Parabéns mana Celina!!!

Coloco agora estas fotos de algo giro na paisagem da baía de Cascais a animar as Festas. A roda gigante

DSC07270

e esta roulotte conduzida por estas renas, tão prateadas.

DSC07268

DSC07269

E também um pormenor giro da nossa troca de presentes. Já todos sabemos que a disponibilidade monetária se viu muito reduzida este ano para muitas famílias e cá por casa, pensam-se assim nuns presentes que juntem o útil ao agradável; a mana Catarina fez malas e bolsinhas como presentes para quase toda a família (não tirei fotos, mas colocarei depois) e umas cookies especiais para alguns, oferecidas dentro de uns saquinhos também feitos por ela e a mana Celina ofereceu algumas em conjunto com ela e a ela e ao Bato, resolveu fazer estes Vouchers originais. Este primeiro vale uma ida ao cinema (que ela queria ir ver o Hobbit com a irmã), então o seu presente para a irmã foi pagar-lhe uma ida ao cinema. Mas para representar o presente no sapatinho elaborou esta claquete em cartolina canelada com todo o pormenor:

DSC07254

E esta pizza representou o presente dela para o Bato, que era ir pagar-lhe um jantar numa pizzeria nova cujo menú é todo feito com ingredientes frescos (massas frescas) e que ela já experimentou e deixou água na boca ao Bato ao contar-lhe.

DSC07255

Aqui temos o Alexandre e a Catarina a montarem (e a brincarem com) um dos presentes de Natal que o Alexandre recebeu (comboio rápido e outro de mercadorias)

DSC07256

DSC07257

DSC07260

E aqui, novamente eles os dois, a montarem este puzzle 3D em madeira que lhe ofereceu uma amiga nossa e que ele adorou (no dia a seguir à montagem lembrou-se logo de o incluir numa cidade da qual também faziam parte a linha e os comboios e mais uns elementos):

DSC07248

DSC07249

DSC07265

DSC07266

DSC07267

E todo prontinho:

DSC07274

DSC07276

E horas passadas a ver estes 5 filmes (a Idade do Gelo I, II, III e IV e o especial de Natal) que vieram num pack com dois bonequinhos:

DSC07250

DSC07251

DSC07252

Este foi o presente que o Alexandre pediu ao Pai Natal e que esteve quase para não vir, pois ele esteve até à última para escrever a carta, esquecia-se sempre e um belo dia pediu-me para eu lhe deixar uma nota em cima do teclado do seu computador antes de eu sair de manhã para o trabalho, para que não lhe passasse de todo:

DSC07261

Também o pai esteve com mais tempo para tratarem de uma terefa mais morosa, pendente desde há meses: promoverem a troca dos cromos repetidos do Super Mario Bros. É que, como os seus amigos não fazem esta coleção, eles procuram na net quem tem destes repetidos para a troca e têm que enumerar todos os seus repetidos e todos os que lhe faltam e depois esperar que alguém tenha para troca, os que lhe interessam.

DSC07253

O Alexandre também promoveu o jogo da pesca dos ímans:

DSC07218

DSC07219

Que logo derivou para a construção de umas moradias geminadas

DSC07220

DSC07221

e de um edifício.

DSC07231

E também se dedicou a desenhar o castelo do Bowser (personagem do jogo do Super Mario)

DSC07192

DSC07193

DSC07194

DSC07195

bem como a esquematizar o que começou por me expor assim “Mãe, estou a desenvolver na minha mente, uma nova fonte de energia não poluente que vai substituir a eletricidade por todo o sítio e em todas as casas e carros e em todos os aparelhos”. E então eu aconselhei-o a desenhar um esquema do que se desenrolava na sua mente, para que a ideia se não perdesse.

Aqui estão umas novas baterias de energia não poluente e que levam apenas 10 seg a carregar ao sol e com a energia do ar (ou seja, também se recarregam quando não há sol) e que variam de tamanho consoante os aparelhos a que se aplicam. E também desenvolveu uma espécie de central energética-radar de onde a energia pode ser transmitida à distância.

DSC07227

DSC07230

Também, primeiramente na sua mente, projetou o edifício que irá superar o atual mais alto do Mundo e um que já superará o atual mais alto construído,  já em projeto que será construído na China (o SkyCity, que terá 838 m de altura, mais 10m que o Burj Khalifa do Dubai). Então desenhou estes “três mais altos” (o Burj Khalifa, o SkyCity e o que os superará a todos, agora ainda na sua mente e que batizou de Tokyo Fires) assim “de cabeça” (ele já tem de cor a maior parte das silhuetas dos edifícios mais altos do mundo)_ no topo estão o ano em que começam a ser construídos e o ano da sua inauguração;

DSC07236

DSC07239

DSC07240

e em baixo a respetiva altura, em metros; o Alexandre, depois de ter desenhado a silhueta do edifício que projetou vir a ser o mais alto, é que se apercebeu que a altura era praticamente o dobro do SkyCity e então fez logo a conta de cabeça de quantos metros teria (exatamente o dobro dos 838 m). Depois de desenhar estes três primeiros foi buscar a sua revista Super Interessante onde está o esquema dos vários edifícios mais altos do mundo (que também costumamos ver na internet, aqui) para desenhar “à vista” os restantes:

DSC07234

DSC07235

et voilà:

DSC07237

DSC07238

Bem, esta cena deu origem a uma outra: mais pesquisas sobre o ranking dos edifícios mais altos de cada país (de alguns) ou cidade (colocarei um post mais tarde sobre estas pesquisas) e uma grande conversa sobre economia e o atual sistema financeiro, pois que ele se apercebeu que a China prevê um boom de construção de super-arranha-céus para os próximos dois anos (vejam na lista “skyscrapers under construction”, 4ª lista desta página da wikipédia _ os seis primeiros em construção e com data de inauguração prevista são todos na China) e estava muito incrédulo como é que a China ia construir tantos super-arranha-céus assim quase de uma só vez e alguns países não (sobretudo Portugal); foi aí que começámos a falar de Portugal e mais alguns países estarem a passar por dificuldades financeiras e acabarmos a falar sobre como funcionam os empréstimos e os juros (ele disse que tem que ajudar rapidamente Portugal a sair da falência…)

😀

Um belo 2013 para todos!

Isabel

2 Respostas so far »

  1. 1

    Flora Maria said,

    SENSACIONAL, ISABEL !!!
    Fico fascinada com essa forma que vocês tem de passar informações e transformarem a vida do Alexandre numa vida mágica, encantada e cheia de atividades interessantes !
    Um 2013 muito feliz para você e sua incrivel família !

    Você vai continuar fazendo postagens na Teia Ambiental ? Eu estou querendo colocar no meu blog a relação dos participantes em 2013.

    Ficarei feliz com sua companhia nessa postagem coletiva.

    Beijo

  2. 2

    Olá, Flora! Um 2013 muito feliz também para vós!
    Pois que eu bem tento postar para a teia, mas nem os posts que eu tenho para colocar aqui sobre as atividades que temos feito em unschooling andam em ordem, tenho quase uns 10 de atraso! Ainda ontem almocei com a Rute e ela disse-me que está prestes a sair mais uma coletiva organizada por ela e eu adverti-a logo que eu não tenho muita hipótese de participar. Não quero dizer que não, de todo, vou tentar colocar alguns posts em 2013; talvez seja melhor só me acrescentar à lista quando eu de facto colocar algum.
    Um grande abraço, Flora e grata pela sua visita que muito aprecio.
    Isabel


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: