Captação de Água/Canalização e Funcionamento de uma Barragem

Caderno Verde

Captação de Água/Canalização e Funcionamento de uma Barragem

O Alexandre a desenhar no quadro magnético um esquema (e explicando-me ao mesmo tempo) sobre o funcionamento da captação de água de um poço ou furo para uma moradia…

DSC07058

“Dantes _ dizia _, as pessoas tinham que ir retirar a água diretamente ao poço, depois passou a existir uma canalização que levava a água diretamente para dentro de casa.” (e começou a representar a canalização)DSC07060

DSC07061

(tirei a foto de pernas para o ar…)

🙂

DSC07062

DSC07063

Depois lembrou-se de outro assunto que me queria explicar, apagou este esquema e começou a desenhar outro, o do funcionamento de uma barragem. “Vês mãe, no sítio onde a água corre livremente, coloca-se uma barragem,

DSC07064

DSC07065

DSC07066 DSC07067

que quando tem as comportas fechadas….

DSC07068

DSC07069

… faz com que o nível da água vá aumentando…DSC07070

até ser necessário utilizá-la. Também se usa a sua força para gerar eletricidade.”

DSC07071

Fico sempre espantada com as coisas que ele verdadeiramente sabe (para mim, mais do que saber a informação correta, tem valor como ele lida com a informação, como a compreende e interliga de forma que assim a não esquece e o capacita a dar “as suas” explicações sobre o assunto.

Pus-me a pensar como tinha ele chegado a isto. Viu num documentário? Nós já fomos ver uma barragem e a central elétrica junto dela, quando fomos ao Gerês, o que já foi há algum tempo. Às vezes ele faz-me pequenas (e poucas) perguntas de como se chama isto e aquilo e funciona isto ou aquilo, mas não me lembrava de ter falado com ele sobre a captação da água, pelo menos (apesar de ser da minha área, profissionalmente falando)…

Quando ele era mais pequeno eu pensava de onde viriam tais conhecimentos e às vezes descobria, vendo mais tarde um desenho animado ou um programa que ele já tinha visto noutra altura sem ser comigo e onde figurava tal assunto. Isto porque eu acompanho-o cerca de metade do dia e a outra metade é o pai e algumas vezes as irmãs e o Bernardo, companheiro da irmã mais velha. Agora com ele com 9 anos, já é mais fácil. Pergunto-lhe diretamente.

Perguntei-lhe: ” Onde aprendeste sobre a captação da água e a canalização?”

“Ah! _ respondeu_ isso foi nos desenhos animados do Curious George.”

“A sério? Explicaram isso?”

“Sim, muito bem.”

“E o esquema do funcionamento da barragem?”

“Isso foi com a mana Celina quando fomos ao museu da eletricidade. Estava lá tudo explicado e ela explicou-me tudo muito bem”. (Nota: a última vez que eles foram ao museu da eletricidade foi já há cerca de um ano, mas o museu foi bem explorado por ele, pois foram lá 3 vezes em 3 meses).

2 Respostas so far »

  1. 1

    Flora Maria said,

    Em dia de Teia Ambiental deparo-me aqui com essa beleza de explanação do Alexandre sobre barragens e canalização da água !

    Como deve ser bom aprender dessa maneira…
    Beijos para ele.

  2. 2

    Olá, Flora! Grata pela sua visita.
    Pois, o Alexandre interessa-se muito pelo funcionamento das coisas e muito sobre a eletricidade e as energias; depois, como eu sei que a Flora já leu neste outro post

    https://escolabela.wordpress.com/2013/01/04/todos-mais-disponiveis/

    pois deixou lá um comentário, ele desenvolve para o que relato lá:

    ” “Mãe, estou a desenvolver na minha mente, uma nova fonte de energia não poluente que vai substituir a eletricidade por todo o sítio e em todas as casas e carros e em todos os aparelhos”. E então eu aconselhei-o a desenhar um esquema do que se desenrolava na sua mente, para que a ideia se não perdesse.

    Aqui estão umas novas baterias de energia não poluente e que levam apenas 10 seg a carregar ao sol e com a energia do ar (ou seja, também se recarregam quando não há sol) e que variam de tamanho consoante os aparelhos a que se aplicam. E também desenvolveu uma espécie de central energética-radar de onde a energia pode ser transmitida à distância.”

    Em relação à teia, Flora, nós agora não temos a Rute nossa grande impulsionadora das blogagens coletivas e que nos estava sempre a recordar, “Atenção meninas, dia 7, Teia Ambiental, dia 15 BCFV…😀 e assim, misturado com tantas outras coisas para fazer, às vezes lembro-me e já passou o dia, outras vezes não me lembro. Vou aqui gravar na minha memória e começar já a preparar um post para a teia para o próximo dia 7 de Março… não quero prometer, mas vou organizar-me melhor.

    Um grande abraço, Flora!
    Isabel


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: