Passeio de 4 dias a Viana – Dia 1, Monte de Sta Luzia (o funicular, a vista, o monumento)

Caderno Verde

Passeio de 4 dias a Viana – Dia 1, Monte de Sta Luzia (o funicular, a vista, o monumento)

Este apontamento é o segundo de uma sequência de uns quantos. Ver aqui o primeiro.

No post anterior, o primeiro desta sequência, esqueci-me de contar um pormenor engraçado da parte da viagem, que o meu filho me lembrou ontem à noite: “Mãe, foi tão engraçado quando te enganaste a pedir os bilhetes!!!!”

Pois enganei-me, eu, involuntariamente, às vezes troco palavras parecidas associadas ao mesmo tipo de coisas e, sem me apreceber de nadinha, no Porto, quando fui comprar os bilhetes para irmos no Interregional até Viana do Castelo, pedi “dois de adulto e um de criança para Castelo Branco”. O senhor da bilheteira fez um sorriso malandro e disse: “Aqui não pode apanhar nenhum comboio para esse destino.” “Não posso?_ retorqui incrédula_ então nós vimos na internet os horários e tudo!”. O Pedro, que não percebeu se tinha ouvido bem, disse-me para eu pedir outra vez e eu voltei a dizer que queria dois bilhetes de adulto e um de criança para o Interregional das 12h e 45 min para Castelo Branco. E só quando eles se riram é que eu percebi a troca e disse : “Ah, pois! Não é para Castelo Branco, é para Viana do Castelo!” (diga-se que eu em miúda trocava frequentemente Guimarães com Santarém por terminarem ambas as cidades com o som “rem, rem” e Vila Nova de Gaia com Vila Franca de Xira por serem as duas “Vila” e uma ser colada ao Porto  e outra a Lisboa. Nunca tinha trocado estas duas, mas bem, é que estava convencidíssima que estava a dizer “Viana do Castelo”…

😉

Ora então depois da chegada e “da visita” ao centro comercial, voltámos à estação e contornámo-la para subir uma ponte aérea para peões até ao outro lado para apanhar o funicular (que o Alexandre prefere chamar de “ascensor”, como chama ao que nos leva ao Sítio da Nazaré) e subir ao Monte de Santa Luzia (uma colega que trabalha comigo e que é de Viana do Castelo já me tinha explicado, no mapa, como contornar a estação e ir até ao funicular e eu já tinha mostrado o percurso no mapa ao Pedro e ao Alexandre).

DSC07767

(o Interregional visto de cima…)

DSC07768

DSC07769

DSC07770

“É até àquele piquinho que nós vamos!”

DSC07772

DSC07773

DSC07774

Aqui está ele (elevador/ascensor/funicular)!

🙂

DSC07776

DSC07779

DSC07780

Aproxima-se um outro com o qual nos vamos cruzar!!! A linha de repente divide-se em duas e volta a juntar-se…

DSC07781

Lá vai ele, a descer, e nós a subir…

DSC07782

Tchau!!!!

DSC07783

Este é um dos antigos, a porta era daquelas “de harmónio”…

DSC07784

A vista de dentro do elevador, já quase a chegarmos ao cimo:

DSC07785

E aqui está a igreja/monumento no cume do monte de Santa Luzia:

DSC07786

E a vista! O Alexandre, assim que se debruçou no muro para a ver disse “Uauuuu!!!! Que vista!!! Esta é a melhor vista que eu já vi! A cidade, o rio, o cais e o mar! Tudo numa só vista!”

Quando reportámos esta sua exclamação à nossa amiga, ela disse-nos que há tempos um estrangeiro disse na televisão que a vista sobre Viana do Castelo desde o Monte de Santa Luzia era uma das mais bonitas do Mundo…

(Nota: para quem não sabe, o rio é o Rio Lima)

DSC07787

DSC07789

DSC07790

DSC07792

Maravilhosa, realmente…

DSC07794

DSC07796

A Basílica de Santa Luzia

DSC07797

Não chegámos a tirar fotos ao interior, pois decorria uma missa na altura em que estivémos por lá.

DSC07799

DSC07800

Os jardins e a pousada de Viana, ao fundo. Ver aqui mais fotos

DSC07801

Não tirámos fotos ao interior da Basílica (embora o visitássemos), pela razão que já indiquei, mas subimos num outro levador dentro do monumento para visitar o topo da basílica e tirar fotos à vista ainda mais do alto.

DSC07803

De dentro do elevador ao chegar ao cimo.

DSC07804

DSC07806

DSC07807

DSC07808

DSC07809

Os sinos!!! (O Alexandre tem muito interesse por sinos)

DSC07810

Lá em baixo , junto ao pelourinho, quase não se vendo (parece uma formiga…) está o senhor que tira fotos a preto e branco numa máquina fotográfica das muito antigas, daquelas que ele coloca a cabeça debaixo de um pano preto…

😉

DSC07811

DSC07812

DSC07813

A vista só para o lado do mar…

DSC07814

E pronto, entre as 16h 30 min e as 17h _ que a última descida era às 17h_ voltámos a descer à cidade e, de novo em frente da estação, empreendemos a descida da avenida até ao rio… no próximo capítulo!

😉

3 Respostas so far »

  1. 1

    […] Este é o 3º apontamento deste Passeio a Viana. Podem ler aqui sobre o primeiro e aqui sobre o segundo. […]

  2. 3

    […] (e concluindo), o que comecei a reportar neste primeiro post, segundo, terceiro e quarto, os dias 3 e 4 também foram recheados de belas […]


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: