Actividades na 2ª quinzena de Julho, I

Caderno Verde

Actividades na 2ª quinzena de Julho, I

Passada a semana de aniversário e a festa continuam algumas atividades ultimamente bem habituais.

Novo mapa de Lisboa (cada vez mais aperfeiçoado). Temos as linhas de comboio a preto, o aeroporto, o Parque de Monsanto a verde, a azul as zonas da cidade onde existem os prédios mais altos de Lisboa, e as pontes a vermelho (linha mais fina).

DSC08799

E aqui, Tróia, com o seu cais de atracagem de ferrys à esquerda e catamarans à direita.

DSC08800

E aqui Lisboa e os seus concelhos (isto é, concelhos do distrito de Lisboa)

DSC08801

Desde que vimos e re,re,re,re,revimos o documentário da construção dos diques da Holanda que o Alexandre se interessa pelos Países Baixos e disse que gostava de um dia visitá-los (sem ser através do Google Earth), bem como a sua capital, Amsterdão. E eis que andava eu em arrumações e encontrei no meio de uns papéis este mapa que me deram não há muito tempo, de Amsterdão, com algumas fotos da cidade. Pronto, mais um que ele começou a explorar e vem explorando ao longo dos dias.

DSC08802

DSC08803

DSC08804

DSC08805

DSC08806

DSC08807

DSC08808

DSC08809

DSC08810

Entretanto o nosso vizinho G., da idade do Alexandre, tem continuado a aparecer mais vezes para brincarem, conversarem (conversam mesmo muito sobre os temas que gostam em comum) e realizarem espectáculos de ilusionismo.

Brincando com as pistas de comboio:

DSC08811

DSC08812

DSC08813

DSC08814

DSC08815

DSC08816

Observando as instruções para logo construirmos um igloo:

DSC08818

DSC08819

DSC08820

DSC08821

DSC08822

DSC08823

DSC08824

DSC08825

DSC08826

(e arranjaram esta solução para taparem a sua entrada ou o nosso gato Kiko entrava descaradamente e punha-se a arranhar o plástico podendo rompê-lo)

DSC08827

DSC08828

O Alexandre gosta de se enfiar dentro do tubo e fazer de tubo-andante (sem se ver nada dele, só mesmo o tubo).

DSC08829

DSC08830

DSC08831

Num outro dia ainda, o Alexandre e a mana Catarina começaram a desenvolver um novo projeto, a construção de um jogo com um “tabuleiro” gigante, este mapa de Portugal, executado por forma a dobrar-se e a desdobrar-se como os mapas das estradas habituais, que andam no nosso carro. O Alexandre desenhou o mapa e os dois começaram depois a pintá-lo com guaches e aguarelas.

DSC08832

(a azul o Oceano Atlântico, o mar Mediterrâneo e os rios, a rosa Espanha e a preto as capitais de distrito, Lisboa e Porto as maiores.)

DSC08833

(o chão ficou pintadinho, mas como é de mosaicos brancos e as tintas são de água, rapidamente tiramos as manchas)

DSC08834

(e para termos a noção do tamanho, foram utilizadas 12 folhas A3 habilmente unidas entre si com fita-cola, que permite a dobragem em harmónio como a dos mapas habituais)

DSC08835

DSC08836

DSC08837

DSC08838

DSC08839

DSC08840

Num próximo capítulo teremos a conclusão da execução deste tabuleiro de jogo que ficou para outro dia (deu trabalho!).

O Alexandre, o G. e eu temos jogado o jogo que as manas e o Bato ofereceram ao Alexandre pelo seu aniversário, o Catan (o tal de descobridores e construtores de caminhos e aldeias, a troco de algumas matérias primas, tais como madeira, lã de ovelhas, feno, tijolos e pedras).

DSC08841

DSC08842

E aqui umas pouquitas fotos do 2º espectáculo de ilusionismo programado e apresentado pelo Alexandre e pelo G. (eu e o pai fomos os espectadores). O G. entrava pelo tubo e magicamente desaparecia.

DSC08843

DSC08844

Depois o Alexandre dizia “acende” e a luz do candeeiro acendia e apagava-se “sozinha” e o mesmo acontecia com a música de um iPod ligado a uma coluna (de repente começava a música a tocar e logo depois deixava de se ouvir).

DSC08846

No final, o G. voltou a aparecer dentro do tubo sem vermos como…

😉

DSC08848

DSC08849

Antes do dia da conclusão do mapa-tabuleiro-de-jogo o Alexandre ainda continuou, sozinho, avançando com uns retoques envolvendo as capitais de distrito num rosa mais forte do que o que representa Espanha, desta vez pintando com caneta de feltro por serem superfícies bem menores (o que servirá depois a alguns propósitos do jogo que ele andava a inventar).

DSC08850

Também foi com o Bato e mais três amigos pequenos ao cinema ver o “Turbo” e depois foram até a casa desses amigos jogar à bola num campo lá perto e brincar e jantar em casa deles. E voltaram de comboio!!! (O que faz sempre as delícias do Alexandre)

1 Response so far »

  1. 1

    […] Neste outro post mostrei-vos o começo da execução deste novo tabuleiro de jogo idealizado pelo Alexandre (com inspiração no jogo que as manas e o Bato lhe ofereceram no seu aniversário, o Catan) e confeccionado pelos dois (Alexandre e Catarina_ também ajudei  a acabar de pintar com a aguarela verde): […]


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: